Uma conversa sobre sonhos!

Somos filhos de um Deus tão grande não é verdade? E que tem sonhos maiores e melhores que os nossos. Mas o que temos feito desses sonhos?

Teve um momento em minha vida, que Deus estava falando coisas bem específicas. Foi um período de me descobrir n’Ele e de ter a chama dos sonhos reascendida. Deus alinhou alguns sonhos que eu tinha na adolescência, conforme a sua vontade, e colocou alguns sonhos maiores em meu coração. Lembro-me de como eu me sentia viva e temerosa, pois tudo, apesar de parecer tão perfeito, me fazia sentir o peso da responsabilidade.

Como qualquer pessoa, no inicio eu tentei fugir e me esconder, mas não tinha mais jeito, Deus insistia em dizer que contava comigo e eu já havia dito Eis-me aqui. É aquela coisa, quem coloca a mão no arado, não pode olhar para trás! — paráfrase minha.

Após ter passado por esse processo de não crê que Deus realmente contava comigo, tornei-me uma pessoa mais confiante, porém quis ter o total controle de como esses sonhos seriam realizados. Pobre coitada! Parece que não sabe que o controle pertence a Deus.

Então, aprendi de uma forma dolorosa que o tempo é meu aliado e não o contrário.

Mas sabe, esses últimos meses fui envolvida com um descrédito terrível. É incrível como o desanimo nos faz perder tempo e nos faz querer parar. E mesmo em meio a tantas experiências fantásticas que eu vivi com Deus, me via “desistindo” por outras coisas, coisas essas, que aparentavam ser mais fáceis.

Pensava: “já que ainda não está no tempo de vivenciar tudo o que Deus me entregou, vou viver outras coisas e no momento certo tudo se encaixará.” Mas é um engano pensar assim. Pois, é como se estivéssemos tentando seguir outro caminho, diferente daquele que Deus nos propôs. Ainda há muito chão pela frente até que eu veja Deus cumprindo em mim aquilo que Ele prometeu, mas preciso ter fé que durante a caminhada, o próprio Deus está realizando em mim, obras maiores.

E não falo de sonhos terrenos e que satisfazem somente a nós mesmos, como terminar uma graduação, ter uma família, uma casa, construir coisas, mas digo de sonhos que ecoam na eternidade. Sonhos que trazem a glória de Deus a todas as pessoas e que povoa o céu. Entenda-me, por favor! Não estou querendo dizer aqui que todos esses sonhos, e outros não citados, não glorifiquem a Deus, mas são sonhos que serão vividos aqui, em um lugar que não é o nosso lar final. Se pararmos para pensar, o que disso tudo levaremos para a eternidade? Um diploma? Um casamento estável? Não, essas coisas não irão conosco.

Precisamos ansiar por realizar os sonhos de Deus para nós, assim como ansiamos realizar as nossas vontades! O Reino e os planos de Deus precisam ser prioridades em nossa vida.

Quais os sonhos Deus lhe entregou? Será que onde você está, você tem vivenciado esses sonhos, ou pelo menos caminhado em direção a realização? Não podemos desistir e nem parar no caminho por que encontramos algo mais atrativo para olharmos. O desânimo, o medo, a incerteza, a frustração, o confronto, a dúvida, o enfrentamento e tantas outras coisas, são comuns aqueles que dizem sim a Deus. Mas nada disso pode nos impedir de cumprir aquilo que nos foi comissionado.

A nossa fraqueza é força em Deus, o amor lança fora todo medo, e o Senhor é quem nos capacita. O que pode ser feito por você agora? Qual comando Deus tem liberado sobre a sua vida? Que tal usarmos o que temos, para fazer aquilo que podemos no momento? Ouvir o direcionamento de Deus é muito importante para nos impulsionar e nos fazer prosseguir.

Não podemos e nem iremos desistir.

Ore ao Pai e peça ajuda, se você, assim como eu, estiver se sentido desanimado e desacreditado. Os sonhos do Pai não morrem, e mesmo diante da nossa oscilação e inconstância, Ele conta conosco! Vamos orar juntos e com atitudes sinceras e determinantes, venceremos tudo aquilo que tem nos atrapalhado.

No Pai, podemos todas as coisas! Filipenses 4.13

Cristã. Estudante de psicologia, amiga e sonhadora. Inquieta e tagarela. Amante dos cachos, apaixonada por vírgulas. Posso dizer que amo estar envolvida nas questões sociais e fazer novas amizades. Sempre aberta ao diálogo e a dar conselhos sobre os mais diversos temas. Amo escrever e por isso criei o blog. Um sonho: ter um livro publicado! Quer conversar? Chama nas redes sociais ou no email, será muito legal bater um papo com você.