Lave os pratos!

Preciso compartilhar esse texto com você, por obediência ao Espírito Santo.

Poucas pessoas sabem, mas a parte que eu mais gosto na limpeza da casa é lavar os pratos. Até arrumo a casa, lavo banheiro e organizo meu quarto, mas nada se compara a lavar os pratos. Sério, existe uma dedicação maior da minha parte ao realizar essa tarefa.

Sem contar que, de verdade, eu escuto muito a voz de Deus enquanto estou debruçada sobre a pia, separando, ensaboando e enxaguando os pratos. Coloco o som bem alto no meu celular e começo a conversar com o Pai, e não quero espiritualizar demais, porém, nesse momento eu sinto Deus bem perto. Talvez seja pelo fato de que, a pia da minha cozinha é voltada para o meu quintal e eu lavo os pratos olhando o céu — minha paisagem preferida.

Só que, teve uma vez, em que eu deixei acumular os pratos sujos por três dias e durante esse período eu ficava escutando o Espírito Santo falar no meu íntimo: “Lave os pratos”. Eu passava pela pia, olhava para ela e pensava: “depois eu resolvo isso.” Os dias foram passando e, mais e mais pratos surgiam para lavar. Quando chegou o último dia, uma voz bradou muito forte dentro de mim e continuava a dizer: “Lave os pratos!”, imediatamente eu corri para a cozinha, depois de tanto protelar.

Nem sabia por onde começar de tanto prato sujo, e o pior, eles tinham um cheiro absurdamente ruim. Sem contar no trabalho e no tempo que eu teria que empregar para deixar tudo limpo novamente. E talvez, você não esteja entendendo nada sobre o porquê de eu estar escrevendo acerca dos pratos. Mas calma, eu vou explicar!

De forma sutil, o Espírito Santo, utilizou-se dos pratos sujos, para ministrar a minha vida. Ele quis me alertar sobre o acúmulo de sujeira e pecado, que em certas ocasiões, deixamos tomar conta da nossa alma.

Muitas foram às vezes em que, um pensamento tóxico e negativo me invadiu e eu o alimentei por dias e, não o destruí por meio do Espírito Santo, levando-o cativo a Cristo, como nos orienta a sua palavra. Ou então, pequei e em vez de correr e pedir perdão, me escondo e vou deixando tudo isso para depois, até que um pecado chame outro.

Deixar os pratos para depois, de maneira literal, não é pecado, mas é uma atitude negligente. No primeiro dia, a pia não está tão suja e cheia, então, por que não deixar para lavar a louça amanhã? Pensamos “inocentemente”. Mas se você parar e observar, com certeza já se pegou pensando assim acerca do seu pecado! Pecamos e levados por uma ideia errônea de que, “Deus tapou os ouvidos e não nos ouvirá mais porque o decepcionamos”, nos ausentamos da sua presença e deixamos de falar com Ele. Assim, os dias passam e o lixo espiritual vai se acumulando em nossa mente, alma e coração.

Em alguns casos, até ouvimos a voz do Espírito Santo nos convidando a limpar a sujeira, mas quantas são às vezes em que não estamos atentas a essa voz?

Precisamos ter consciência de que, devemos viver sob o domínio do Espírito Santo. Por isso, a melhor saída quando pecamos é confessar, crendo que há perdão, na mesma hora, para o nosso pecado. Por mais fácil que pareça deixar esse assunto para depois e fazer de conta que nada aconteceu, eu lhe digo que não é. Não pense estar ganhando tempo, quando na verdade você está criando um grande problema.

Pecado precisa ser tratado como pecado e, por isso precisa ser confessado. Um abismo chama outro abismo (salmo 42:7ª). Quando você se der conta, pode ser tarde demais. E para que isso não aconteça, precisamos ouvir e obedecer à voz do Espírito Santo, para podermos voltar e reparar o erro. O grande problema é que nem sempre estamos sensíveis a isso.

Portanto, não acumule sujeiras, não aumente o seu trabalho e nem deixe para depois aquilo que você pode resolver de imediato. Por mais que o seu pecado lhe envergonhe, não permita que isso lhe afaste e quebre o seu relacionamento como Pai, afinal “Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”, 1ª João 1:9.

Não acumule sujeiras, lave os pratos!

Achada em sua graça, lugar que me faço feliz. Quando olho em seus olhos, sei quem realmente sou. Que as palavras aqui escritas, encontre repouso em seu coração! Não curto café, nem mimimi!

  • Saia Do Raso

    Uau! Que post fantástico.
    Amo essas leituras que são escritas de forma simples, porém profundas.
    Falou muito comigo, me identifiquei demais!

    Parabéns.
    Deus te abençoe.

    • Muito obrigada pelo comentário! Eu amo escrever assim, acredito que chego mais perto de todo mundo e consigo passar a mensagem.. Volte mais vezes e obrigada pelo Feedback!